Por Sheikh Saalih Ibn Fawzaan al-Fawzaan, que Allah o preserve.

Ficar em silêncio quando a honra de um irmão ou irmã está sendo atacado? Não é meu problema! Não vou me envolver! Qual é a ação legal para o crente nessa situação?

 

"Se acontecer de ele participar de um encontro e seu irmão muçulmano está sendo mencionado de forma pecaminosa ou sendo rebaixado, então ele o defende como defenderia sua própria honra, porque a honra de seu irmão é como a sua própria".

Abu ad-Darda', que Allah esteja satisfeito com ele, narrou que o Mensageiro de Allah, salla Allahu 'alayhi wa sallam, disse [tradução do significado]: "Quem defende a honra de seu irmão em sua ausência, Allah vai proteger seu rosto do fogo do Inferno no Dia da Ressurreição". [Relatado por At-Tirmidhi que classificou esse hadith como Hasan. Ahmad tem algo semelhante conforme o hadith de Asmaa' bint Yazid.]

Explicação: "Quem defende a honra de seu irmão em sua ausência" ... Significa: Na condição de ausência de seu irmão. Se acontecer de ele participar de um encontro e seu irmão muçulmano está sendo mencionado de forma pecaminosa ou sendo rebaixado, então ele o defende como defenderia sua própria honra, porque a honra de seu irmão é como a sua própria.

Por isso, ele defende a honra de seu irmão, censurando os caluniadores e impedindo-os de persistirem no que diz respeito à honra de seu irmão muçulmano. Ele não se afasta e fica quieto, deixando-os caluniar. Esta é a obrigação do muçulmano, e não é permitido a ele ficar quieto e manter a paz, pois ele estará pecando devido a isso e será participante e cúmplice com eles [os caluniadores] em relação ao pecado, (que é) pela razão dele ter visto um mal (acontecer) e ele não tê-lo mudado, embora possuindo a capacidade de fazê-lo. Quanto mais então, se ele participou do ato com os caluniadores e começou a maledicência? Isto é ainda pior. Considerando que ele defende a honra de seu irmão e impede os caluniadores de falar-lhe pelas costas, então Allah, Majestoso e Exaltado seja, vai recompensá-lo, protegendo seu rosto do Fogo Infernal no Dia da Ressurreição. Esta é uma formidável benevolência, porque no Dia da Ressurreição, o Fogo será trazido às vistas.

Ele, o Altíssimo, disse [tradução do significado]:

"E se fizer expor o Inferno a quem puder ver". (Alcorão, 79:36)

E Ele, o Majestoso e Exaltado seja, disse:

"E os criminosos verão o Fogo; então pensarão que nele irão cair, e, fora dele, não encontrarão refúgio". (Alcorão, 18:53)

O Fogo será quente e ardente, e nada protegerá contra ele, exceto as boas ações. O indivíduo olhará para o seu lado direito e verá não nada, exceto o que ele fez, e olhará para o seu lado esquerdo e não verá nada, exceto o que ele fez, e olhará à sua frente e não verá nada, exceto o Fogo, portanto, resta a ele preparar-se para esta situação. E com relação a preparar-se para esta situação está abster-se de (atentar contra) a honra dos muçulmanos e defendê-los.

Portanto, este (hadith), contém a exortação propícia a defender a honra dos muçulmanos, que estão sendo profanados em encontros ou por escrito. Se você ver alguém escrevendo sobre um irmão muçulmano, um 'Ulamaa' [sábio, erudito] em especial, ou sobre um governante muçulmano, então cabe a você defendê-los, pois isto é defender a honra dos muçulmanos.

Extraído do Sharh Buloogh al-Maram, do Sheikh Saalih al-Fawzaan, pp. 291-292

https://www.troid.org/index.php/new-and-basics/more-important-basics/1733-defending-the-honour-of-the-muslims