A tragédia que o leva à Felicidade - Uma história tocante narrada por Shaykh Abdur Razzaaq Al Badr (hafidhahullaah)

 

 

Orientação e felicidade são dois assuntos que andam de mãos dadas; assim, quem é guiado, então é feliz.

 

 

E quem está desviado, então é miserável. A miséria é a companheira do desvio e não está separada dele. Portanto, sempre que o desvio é encontrado, a miséria está ao seu lado; e sempre que a orientação é encontrada, a felicidade está ao seu lado.

 

SubhanaAllah! Este é um caso que as pessoas percebem. Quem estiver distante de Allah e da Sua obediência, e voltar à retidão em Sua legislação, então se tornará guiado, e perceberá em seu coração um deleite que estava ausente, uma doçura que era inexistente e uma alegria da qual não tinha conhecimento. Quando Allah honra a pessoa e a favorece com orientação, ela prova a doçura e experimenta a alegria da felicidade, a calma da visão, a paz da consciência e a tranquilidade da alma; que não havia encontrado anteriormente.

 

Vou narrar, sobre este tema, uma história incrível:

Há alguns anos um homem me chamou após a oração do ‘asr e disse: “Eu tenho uma pergunta; mas antes da pergunta quero informá-lo sobre minha condição. Tenho vinte e sete anos e não consigo mover nenhuma parte do meu corpo, exceto minha cabeça."

 

Eu disse: "Há quanto tempo você está nesta condição?"

 

Ele respondeu: "Há dois anos."

 

Eu perguntei: “O que causou isso?”

 

Ele respondeu: “Um acidente de carro.”

 

Eu o perguntei: "Onde você está vivendo?"

 

Ele respondeu: "Em tal lugar".

 

Eu disse: "Eu quero visitá-lo." Então, eu o visitei no mesmo dia. Ele começou a me narrar sua história, e era uma longa história. Fiquei sentado com ele por uma hora e meia; e na maior parte do tempo eu o ouvi e me beneficiei, pois sua vida continha uma lição. Ele me declarou algo que é o ponto de referência para esta história e eu não vou me alongar com os detalhes.

 

Ele me disse: "Por Allah, em verdade, agora eu sinto uma alegria, a qual corri atrás por um longo tempo com meus próprios pés, mas não encontrei". Antes do acidente eu era negligente e após eu me tornei alguém que se volta para Allah, com a recordação, oração e recitação do Qur’an.
Um dos nobres irmãos o trouxe um dispositivo de computador que funciona por controle de voz; já que suas mãos não se movem. Ele testou aquilo na minha frente. Falou para o computador e a Surah que ele queria, abriu. E falou para o computador e o versículo que ele queria, abriu. Ele falou com o computador e o Tafsir que ele queria, abriu. O Qur’an estava na frente dele, ele lia e memorizava, e lia o Tafsir e não precisava virar as páginas com a mão ou chamar alguém que as virasse. O versículo que ele desejasse, poderia pedir diretamente, e se ele quisesse seu Tafsir, pediria diretamente.
E ele disse: "Por Allah, em verdade, agora eu sinto uma alegria, a qual corri atrás por um longo tempo com meus próprios pés, mas não encontrei."

 

Assim, que o crente aprenda uma lição e aceite esta advertência.

 

Orientação e felicidade só são obtidas pelo Livro de Allah, Glorificado e Exaltado seja. E quem as busca de outra fonte que não seja o Livro de Allah, o Exaltado, não alcançará nada além de perda, destruição e ruína em sua vida mundana e em sua vida após a morte.

فإما يأتينكم مني هدى فمن اتبع هداي فلا يضل ولا يشقى

“Vos chega de Mim orientação, então, quem segue Minha orientação não se descaminhará nem se infelicitará” [Surah Taha (20):123]

 

E preste atenção à Sua declaração aqui: ‘segue Minha orientação'; porque isto é o necessário, como relatado no Qur’an; segui-Lo, não apenas a mera recitação e pronúncia correta de suas letras. O Qur’an só foi enviado para ser praticado, não apenas para ser recitado corretamente em suas letras, enquanto negligenciado em suas diretrizes. Por esta razão Ele disse: ‘então, quem segue Minha orientação’. Assim, resulta em felicidade seguir a orientação, não meramente memorizar o Qur’an ou memorizar as letras do Qur’an. E seguir a orientação do Livro de Allah é um ramo do entendimento do Alcorão e reflexão sobre ele.

 

كتاب أنزلناه إليك مبارك ليدبروا آياته وليتذكر أولو الألباب

“Este é um Livro bendito, que fizemos descer, para ti, a fim de que eles ponderem seus versículos e a fim de que os dotados de discernimento meditem.” [Surah Sad (38):29]

 

Assim, este é um assunto necessário para alcançar a felicidade; recitar o Qur’an, refletir sobre seus versículos, trabalhar através dele, e seguir sua orientação.

 

História narrada por: Shaykh Abdur Razzaaq Al Badr (hafidhahullah)

[Tirado da palestra: O Qur’an, o Livro da Felicidade]

 

 

Fonte: salaf-us-saalih.com


You have no rights to post comments