Comentário Geral sobre o Profeta de Allah, Jesus (عليه سلم)

Maria era uma mulher piedosa e virtuosa. Ela estava tão dedicada ao ato de adoração a Allah, de modo que não se conheceu equivalente a ela em sua devoção.

Foi quando os anjos lhe declararam que ela foi escolhida por Allah:

"Recorda-te de quando os anjos disseram: 'Ó Maria, é certo que Allah te elegeu e te purificou, e te preferiu a todas as mulheres da humanidade! Ó Maria, consagra-te ao Senhor! Prostra-te e genuflecte, com os genuflexos!'" (Alcorão 3:42-43)

Então os anjos transmitiram a Maria a boa notícia de que Allah lhe daria um filho que Ele criaria através da palavra "Seja! e é". Essa criança teria o nome de Jesus, filho de Maria, e seria bem considerado neste mundo e no outro e seria um mensageiro enviado para os israelitas, ele iria ensinar o Livro e a sabedoria, a Tora e os Evangelhos e teria a autoridade de produzir milagres que ninguém mais realizou. É neste sentido que o Altíssimo disse:

"E quando os anjos disseram: 'Ó Maria, por certo que Allah te anuncia o Seu Verbo, cujo nome será o Messias, Jesus, filho de Maria, nobre neste mundo e no outro, e que se contará entre os diletos de Allah. Falará aos homens, ainda no berço, bem como na maturidade, e se contará entre os virtuosos'. Perguntou: 'Ó Senhor meu, como poderei ter um filho, se mortal algum jamais me tocou?' Disse-lhe o anjo: 'Assim será. Allah cria o que deseja, posto que quando decreta algo, diz: Seja! e é.'" (Alcorão 3:45-47)

Em seguida, Allah, o Altíssimo, tem nos informado da boa notícia que os anjos transmitiram perfeitamente para Maria sobre seu filho, Jesus (???? ???). Allah diz também sobre a honra e o apoio dado a Jesus na forma de realização de milagres:

"Ele lhe ensinará o Livro, a sabedoria, a Tora e o Evangelho. E ele será um Mensageiro para os israelitas, (e lhes dirá): 'Apresento-vos um sinal de vosso Senhor: plasmarei de barro a figura de um pássaro, à qual darei vida, e a figura será um pássaro, com beneplácito de Allah, curarei o cego de nascença e o leproso; ressuscitarei os mortos, com a anuência de Allah, e vos revelarei o que consumis e o que entesourais em vossas casas. Nisso há um sinal para vós, se sois crentes. (Eu vim) para confirmar-vos a Tora, que vos chegou antes de mim, e para liberar-vos algo que vos está vedado. Eu vim com um sinal do vosso Senhor. Temei a Allah, pois, e obedecei-me. Sabei que Allah é meu Senhor e vosso. Adorai-O, pois. Essa é a senda reta.'" (Alcorão 3: 48-51)

Allah tem absoluta perfeição no poder acima da criação; Ele cria o que Ele quer e como Ele quer. Ele criou Adão da terra, e sem pai nem mãe, e criou Eva da costela de Adão, portanto, de um pai, sem mãe, e ele criou os filhos de Adão, filho de um pai e uma mãe, e criou Jesus de uma mãe, mas sem nenhum pai. Como é Transcendente o Criador Onisciente!

Allah explicou no Alcorão de modo mais completo as condições do nascimento de Jesus. Ele disse o seguinte:

"E menciona Maria, no Livro, a qual se separou de sua família, indo para um local que dava para o leste. E colocou uma cortina para ocultar-se dela (da família), e lhe enviamos o Nosso Espírito, que lhe apareceu personificado, como um homem perfeito. Disse-lhe ela: 'Guardo-me de ti no Clemente, se é que temes a Allah'. Explicou-lhe: 'Sou tão-somente o mensageiro do teu Senhor, para agraciar-te com um filho imaculado'. Disse-lhe: 'Como poderei ter um filho, se nenhum homem me tocou e jamais deixei de ser casta?'. Disse-lhe: 'Assim será, porque teu Senhor disse: 'Isso Me é fácil! E faremos disso um sinal para os homens, e será umaprova de Nossa misericórdia''. E foi uma ordem inexorável." (Alcorão 19:16-21)

Quando Gabriel lhe transmitiu a mensagem, ela se submeteu à decisão de Allah e Gabriel soprou a abertura de seu vestido:

"E quando concebeu, retirou-se, com um rebento a um lugar afastado. As dores do parto a constrangeram a refugiar-se junto a uma tamareira. Disse: 'Oxalá eu tivesse morrido antes disto, ficando completamente esquecida.'" (Alcorão 19: 22-23)

E Allah agraciou Maria com água e comida e ordenou-lhe para não contar a ninguém:

"Porém, chamou-a uma voz, junto a ela: 'Não te atormentes, porque teu Senhor fez correr um riacho a teus pés! E sacode o tronco da tamareira, de onde cairão sobre ti tâmaras maduras e frescas. Come, pois, bebe e consola-te; e se vires algum humano, faze-o saber que fizeste um voto de jejum ao Clemente, e que hoje não poderás falar com pessoa alguma.'" (Alcorão 19 :24-26)

Allah apoiou Jesus concedendo-lhe grandes milagres que lembram o poder de Allah, educam e promovem a crença em Allah e no Dia do Juízo Final. Assim, Jesus fabricava pássaros de barro e através de um sopro os transformou em aves verdadeiras, tudo feito com a permissão e poder de Allah. Ele curou o surdo e os leprosos, ressuscitou os mortos, com a permissão de Allah, e informou o povo daquilo que eles comiam e o que eles estavam armazenando em suas casas.

Os judeus aos quais Jesus foi enviado, foram hostis, tentaram afastar as pessoas dele, renegaram-lhe e acusaram sua mãe de adultério. Quando os judeus constataram que os fracos e os pobres acreditavam em Jesus e começaram a se reunir em torno dele, estes judeus tramaram uma armadilha para matá-lo. Para fazer isso, eles tentaram incentivar o governador bizantino a perseguir Jesus; fazendo acreditar que o ensinamentos de Jesus eram uma ameaça para o seu reinado. É por isso que o governador deu ordens para prender Jesus. Mas Allah deu à pessoa que havia denunciado Jesus a sua forma e aparência, e os soldados o levaram e o crucificaram, pensando que este era Jesus. Esta é a forma como Allah o salvou da crucificação e execução. Isto é o que Allah diz sobre os judeus:

"E por dizerem: 'Matámos o Messias, Jesus, filho de Maria, o Mensageiro de Allah', embora não sendo, na realidade, certo que o mataram, nem o crucificaram, senão que isso lhes foi simulado. E aqueles que discordam, quanto a isso, estão na dúvida, porque não possuem conhecimento algum, abstraindo-se tão-somente em conjecturas; porém, o fato é que não o mataram. Outrossim, Allah fê-lo ascender até Ele, porque é Poderoso, Prudentíssimo." (Alcorão 4:157-158)

Jesus (???? ???) não está morto, mas ele foi elevado aos céus por Allah. Ele voltará antes do Dia da Ressurreição e seguirá Muhammad ?. Ele contradirá os judeus que acreditam tê-lo matado e crucificado e os cristãos que dedicam a ele um culto exagerado e dizem que ele é Deus ou o filho de Deus, ou ainda um elemento da trindade, o Profeta Muhammad ? disse: “Em Nome d'Aquele cujas Mãos retém minha alma, falta pouco para que o filho de Maria retorne dentre eles como um juiz justo. Ele quebrará a cruz e matará o porco, e abolir o jizyiah (taxa paga por não-muçulmanos sob protecção do Estado Islâmico), e a riqueza será tão abundante que não haverá necessitados para aceitarem esmola.” (Citado nos dois Sahih; citação de Muslim n° 155)

Quando Jesus (???? ???) voltar antes do dia da Ressureição, os cristãos e judeus crerão nele como afirma o Alcorão:

“Nenhum dos adeptos do Livro deixará de acreditar nele (Jesus), antes da sua morte, que, no Dia da Ressurreição, testemunhará contra eles.” (Alcorão, 4:159).

Jesus, filho de Maria, é um ser humano; ele é o servo de Allah e seu mensageiro. Allah o enviou para guiar os israelitas e os chamar a praticar o culto exclusivo a Allah o Único. A respeito disso Allah diz aos judeus e aos cristãos:

“Ó adeptos do Livro, não exagereis em vossa religião e não digais de Allah senão a verdade. O Messias, Jesus, filho deMaria, foi tão-somente um mensageiro de Allah e Seu Verbo, com o qual Ele agraciou Maria por intermédio do Seu Espírito. Crede, pois, em Allah e em Seus mensageiros e não digais: "Trindade!". Abstende-vos disso, que será melhor para vós; sabei que Allah é Uno. Glorificado seja! Longe está a hipótese de ter tido um filho. A Ele pertence tudo quanto há nos céus e na terra, e Allah é mais do que suficiente Guardião.” (Alcorão 4:171) 

Dizer que Jesus é o filho de Allah é uma palavra grave e monstruosa:

“Afirmam: O Clemente teve um filho! Sem dúvida que haveis proferido uma heresia. Por isso, pouco faltou para que os céus se fundissem, a terra se fendesse e as montanhas, desmoronassem. Isso, por terem atribuído um filho ao Clemente, quando é inadmissível que o Clemente houvesse tido um filho. Sabei que tudo quanto existe nos céus e na terra comparecerá, como servo, ante o Clemente.” (Alcorão 19:88-93)

Jesus, filho de Maria, é o servo e mensageiro de Allah, Todo aquele que crê que Jesus filho de Maria é o filho de Allah torna-se um descrente:

"São blasfemos aqueles que dizem: 'Allah é o Messias, filho de Maria', ainda quando o mesmo Messias disse: 'Ó israelitas, adorai a Allah, Que é meu Senhor e vosso'. A quem atribuir parceiros a Allah, ser-lhe-á vedada a entrada no Paraíso e sua morada será o fogo infernal! Os iníquos jamais terão socorredores." (Alcorão 5:72)

Qualquer um que diz que Jesus é o filho de Allah, ou o terceiro da trindade se torna um descrente:

"São blasfemos aqueles que dizem: 'Allah é um da Trindade!', portanto não existe divindade alguma além do Allah, Único. Se não desistirem de tudo quanto afirmam, um doloroso castigo açoitará os incrédulos entre eles." (Alcorão 5:73)

Jesus, o filho de Maria é nascido de uma mãe humana; Ele comeu, bebeu, dormiu, acordou, sofreu e chorou. Mas Allah transcende tudo isso. Como, então, poderia ele ser Allah? Pelo contrário, é o servo de Allah e Seu Mensageiro:

"O Messias, filho de Maria, não é mais do que um mensageiro, do nível dos mensageiro que o precederam; e sua mãe era sinceríssima. Ambos se sustentavam de alimentos terrenos, como todos. Observa como lhes elucidamos os versículos e observa como se desviam." (Alcorão 5:75)

Os judeus, os cristãos, os cruzados e os seus apoiantes têm corrompido a religião de Jesus; eles deformaram e desviaram e disseram: “Allah sacrificou seu filho para que sua execução fosse uma redenção para a humanidade. Portanto, ninguém mais precisa se conter, porque todo mundo pode fazer o que quiser, Jesus tendo sofrido por todos os pecados”. Eles espalharam essas idéias entre os grupos cristãos até que eles integraram em seus dogmas. No entanto, tudo isso é errado. Esta é uma mentira que consiste em afirmar algo sobre Allah, sem conhecimento. Pelo contrário, cada alma será totalmente responsável por suas ações. A vida das pessoas não poderia ser vivida corretamente se não tivesse um caminho a seguir e limites a serem observados.

Veja como eles atribuem mentiras a Allah e dizem o que é contrário à verdade:

"Ai daqueles que copiam o Livro, (alterando-o) com as suas mãos, e então dizem: 'Isto emana de Allah', para negociá-lo a vil preço. Ai deles, pelo que as suas mãos escreveram! E ai deles, pelo que lucraram! "(Alcorão, 2:79)

Allah quer que os cristãos sigam Jesus e apliquem a mensagem que ele trouxe. Eles mudaram e alteraram a mensagem criando divergências sobre o assunto. E depois eles a abandonaram. É por isso que Allah os puniu incultindo entre eles a inimizade e ódio neste mundo, e reservou o seu castigo (mais difícil), na outra vida após a morte, de acordo com Allah:

"E também aceitamos o compromisso daqueles que disseram: 'Somos cristãos!' Porém, esqueceram-se de grande parte do que lhes foi recomendado, pelo que disseminamos a inimizade e o ódio entre eles, até ao Dia da Ressurreição. Allah os inteirará, então, do que cometeram." (Alcorão 5:14)

Jesus (???? ???) vai estar no Dia da Ressurreição diante do Senhor dos Mundos, e Ele irá interrogá-lo, diante de todos, a respeito do que ele ensinou e disse aos israelitas. Diz o Transcendente nestes termos:

"E recordar-te de quando Allah disse: 'Ó Jesus, filho de Maria! Foste tu quem disseste aos homens: Tomai a mim e a minha mãe por duas divindades, em vez de Allah?' Respondeu: 'Glorificado sejas! É inconcebível que eu tenha dito o que por direito não me corresponde. Se tivesse dito, tê-lo-ias sabido, porque Tu conheces a natureza da minha mente, ao passo que ignoro o que encerra a Tua. Somente Tu és Conhecedor do incognoscível. Não lhes disse, senão o que me ordenaste: 'Adorai a Allah, meu Senhor e vosso!' E enquanto permaneci entre eles, fui testemunha contra eles; e quando quiseste encerrar os meus dias na terra, foste Tu o seu Único observador, porque és Testemunha de tudo. Se Tu os castigas é porque são Teus servos; e se os perdoas, é porque Tu és o Poderoso, o Prudentíssimo'." (Alcorão, 5:116-118)

Allah inspirou a compaixão e delicadeza para os seguidores de Jesus; eles têm mais afeição para com os membros da comunidade de Muhammad ? do que outros. É neste contexto que o Todo-Poderoso disse:

"Constatarás que os piores inimigos dos crentes, entre os humanos, são os judeus e os idólatras. Constatarás que aqueles que estão mais próximos do afeto dos crentes são os que dizem: 'Somos cristãos!', porque possuem sacerdotes e não se ensoberbecem de coisa alguma." (Alcorão 5:82)

Jesus é o último dos profetas enviado para os israelitas. Depois dele, Allah enviou Muhammad ?, da descendência de Ismael, para guiar toda a humanidade. Ele é o Selo dos Profetas e o último dos mensageiros.

[Extraido de Ussul ad-Din al-Islami por Shaykh Muhammad ibn Ibrahim at-Tuwaydjiri]

Fonte: IslamQA


You have no rights to post comments