Rabino Que Se Tornou Um dos Sahabas - Abdullah Ibn Salam

 

 

Ele nasceu em Madina em uma família judia. Era uma pessoa rica e um estudioso da Torá. As pessoas o consideravam um rabino. Seu nome era Al-Husayn Ibn Salam. Pertencia a uma das tribos judaicas conhecida como Banu Qaynuqa, mas, mais tarde, ele se tornou um dos Companheiros do Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) dentre os Ansars de Madina (antes chamada de Yathrib).

 

 

Ele era amplamente respeitado por ser um estudioso da Torá. Ele leu na Torá que um Profeta surgiria logo e que completaria a Mensagem Divina do Profeta Moisés (que a paz esteja com ele). Ele observou os sinais da vinda do Profeta e estava ansioso para saber mais sobre ele.

 

Pela graça de Allah, surgiram notícias vindas de Makkah, de que Muhammad Ibn Abdullah afirmava ser o Profeta de Allah. Ele ficou muito interessado nos relatos sobre a aparência dele e começou a fazer perguntas sobre o seu nome, sua genealogia, seus traços, o momento do seu aparecimento e comparou essas informações com o que estava contida na Torá. Ele tornou-se plenamente convencido sobre a autenticidade da Missão Profética de Muhammad e ficou muito ansioso em conhecê-lo.

 

Durante a migração, quando o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) chegou a Medina e parou em Quba, a notícia se espalhou por toda a cidade. Naquele momento, ele estava no alto de uma tamareira em seu pomar. Sua tia chamada, Khalidah Bint Al-Harith, estava sentada debaixo da árvore. Ao ouvir a notícia, ele exclamou em voz alta: "Allahu Akbar!" Sua tia ficou surpresa e disse: "Por Deus, se você tivesse ouvido que Moisés estava chegando, você não teria ficado tão animado." Ele respondeu: “Por Deus, ele é realmente o 'irmão' de Moisés e segue a religião dele. Ele foi enviado com a mesma missão de Moisés”. Ele correu para encontrá-lo e ao chegar à reunião encontrou o homem com a mesma cor e traços, tal como definido no texto. Ele estava no auge da alegria. Ele assistiu a reunião e ouviu o profeta dizendo:

"Ó, Povo! Espalhe a paz ...

Compartilhe o alimento (com os pobres) ...

Reze durante a noite, enquanto outros dormem ...

e entrarão no Paraíso em paz ... "

 

Ele olhou para o Profeta de perto e ficou convencido da sua missão profética. O rabino, então, aproximou-se dele e repetiu a Shahada. O Profeta virou-se para ele e perguntou: "Qual é o seu nome?" Ele respondeu: "Al-Husayn Ibn Salam." O Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) disse: "A partir de agora, você é Abdullah Ibn Salam”.

 

Abdullah voltou para casa e apresentou o Islam para sua família, incluindo sua tia, Khalidah, que era uma senhora de idade. Todos aceitaram de bom grado a sua nova fé e mantiveram segredo.

 

Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele) era uma pessoa muito inteligente, que conhecia a natureza de sua comunidade. Ele elaborou um plano para declarar a sua nova fé. Ele foi até o Nobre Profeta e contou à ele sobre isso. O Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) concordou e convidou os judeus proeminentes para visitá-lo. Ele manteve Abdullah escondido em uma das salas. Então o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) apresentou o Islam à eles e pediu-lhes para aceitá-lo, mas eles não responderam positivamente.

 

Então ele lhes perguntou: "Qual é o status de Al-Husayn Ibn Salam entre vós?" Eles responderam: "Ele é o nosso líder e nosso rabino".

 

O Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) perguntou: "Se vocês acabarem sabendo que ele aceitou o Islam, aceitariam o Islam também?" Eles disseram, unanimemente, "Deus me livre! Ele não aceitaria o Islam. Que Deus o proteja de aceitar o Islam."

 

Nesse momento, Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele) saiu da sala e anunciou: "Ó congregação de judeus! Sejam conscientes de Deus e aceitem o que Muhammad trouxe. Por Deus, vocês certamente sabem que ele é o Mensageiro de Deus e que irão encontrar profecias sobre ele e a menção de seu nome e características na Torá. Eu, pela minha parte declaro que ele é o verdadeiro Mensageiro de Deus...”.

 

Eles gritaram: "Você é um mentiroso. Por Deus, você é mau e ignorante, o filho de uma pessoa má e ignorante". Abdullah, no entanto, conseguiu declarar o seu Islam para a elite de sua comunidade.

 

Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele) teve uma posição muito elevada entre os muçulmanos. É relatado em um hadith, que um dia, enquanto o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) estava sentado com seus companheiros, ele disse: "Vocês querem ver um homem andando na Terra e no Paraíso?" Cada um dos companheiros olhou em silêncio na direção do Profeta. O Profeta apontou para Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele).

 

Também é relatado que o Alcorão menciona sobre ele:

Dize: "Vistes? Se ele é de Allah, e vós o renegais – enquanto uma testemunha dos filhos de Israel o reconhece e nele crê – e vos ensoberbeceis, não estareis sendo injustos. Por certo, Allah não guia o povo injusto.” [Surah Al-Ahqaf (46):10]

 

Tafsir Al-Jalalayn menciona que a "testemunha" no versículo é alusão a Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele).

 

Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele) participou da conquista da Síria e da Palestina e visitou Jabia com o Califa Omar. Abdullah Ibn Salam (que Allah esteja satisfeito com ele) morreu em 43 DH em Madina.

 

 

Fonte: Arab News


You have no rights to post comments