Definição de "Mau Olhado" e Formas de Prevenção e Cura

OLHO

Aqui seguem algumas informações e fatwas que têm a ver com o mau olhado. Pedimos a Allah para beneficiar os leitores deste artigo.

Foi posta uma questão aos estudiosos da Comissão Permanente:

Qual é a definição do mau olhado? Allah diz: “Do mal do invejoso, quando inveja” [Al-Falaq 113:5]

Há um hadith sahih do Profeta ? em que é dito que “Um terço das pessoas que estão na sepultura estão lá por causa do mau olhado”? Se uma pessoa pensa que alguém está a invejá-lo, o que o muçulmano deve fazer e dizer? Se a pessoa que deu o mau olhado a alguém se lava, será a água que ele usou uma cura para a sua vítima? E deve ele beber a água ou lavar-se com ela?

Eles responderam:

"A palavra árabe al-'Ayn (traduzido como o mau olhado/olho gordo/olho do mal) refere-se a quando uma pessoa prejudica a outrem com o seu olho. Tudo começa quando a pessoa gosta de uma coisa, então os seus sentimentos maus afectam essa coisa, por meio do olhar repetido sobre o objecto da sua inveja. Allah ordenou o Seu Profeta Muhammad ? a buscar refúgio com Ele do invejoso, como Ele disse:

“Do mal do invejoso, quando inveja” [Al-Falaq 113:5]

Toda a gente que dá o mau olhado a outro é invejoso, mas nem todo o invejoso dá o mau olhado ao próximo. A palavra haasid (invejoso) é mais geral quanto ao significado do que a palavra aa'in (aquele que dá o mau olhado a outrem), então buscar refúgio em Allah do invejoso inclui uma busca de refúgio com Ele de quem dá o mau olhado ao próximo. O mau olhado é como uma flecha que vem da alma de quem inveja e daquele que dá o mau olhado ao próximo para aquele que é invejado e sobre o qual o mau olhado é dado; às vezes ela acerta e às vezes erra. Se o alvo está exposto e desprotegido, ela irá afectá-lo, mas se o alvo for cauteloso e estiver armado, a flecha não terá nenhum efeito e pode até mesmo voltar para aquele que a lançou". [Adaptado de Zaad al-Ma'aad]

Existem ahadith do Profeta ?, que falam dos efeitos do mau olhado. Por exemplo, é narrado nos Sahihayn [Bukhari e Muslim] que 'A'isha (??? ???? ????) disse: “O Mensageiro de Allah ? costumava dizer-me para recitar ruqyah para a protecção contra o mau olhado.”

Muslim, Ahmad e al-Tirmidhi narraram de Ibn 'Abbaas (??? ???? ???) que o Profeta ? disse: “O mau olhado é real e se algo viesse a ultrapassar o decreto divino, seria o mau olhado. Quando lhe for pedido para tomar um banho (para fornecer uma cura) para a influência do mau olhado, deve tomar um banho.” [Este foi classificado como sahih por al-Tirmidhi, e também por al-Albani em al-Silsilah al -Sahihah, 1251]

O Imam Ahmad e Al-Tirmidhi (2059, que ele classificou como sahih) narrou que Asma' bint 'Umays disse: “Ó mensageiro de Allah, as crianças de Ja'far foram atingidas pelo mau olhado, devemos recitar ruqyah para elas?”. Ele disse: “Sim, porque se algo viesse a ultrapassar o decreto divino, seria o mau olhado.” [Classificado como Sahih por al-Albani em Sahih al-Tirmidhi]

Abu Dawud narrou que 'A'isha (??? ???? ????) disse: “A pessoa que deu o mau olhado a outrem seria obrigada a fazer wudu', depois a pessoa que tinha sido atingida lavar-se-ia (com essa água).” [Classificado como sahih por al-Albani em Sahih Abi Dawud]

O Imam Ahmad (15550), Malik (1811), al-Nasaa'i e Ibn Hibban narraram de Sahl ibn Haníf que o Profeta ? foi com ele e viajou para Meca, até eles alcançarem a passagem da montanha de al-Kharaar em al-Jahfah. Nesse sítio, Sahl ibn Haníf fez ghusl, e ele era um homem atraente de pele branca bonita. 'Amir ibn Rabi'ah, um dos Banu 'Adiyy ibn Ka'b olhou para ele enquanto ele estava a fazer ghusl e disse: “Eu nunca vi uma pele tão bonita como esta, nem mesmo a pele de uma virgem”, e Sahl caiu no chão. Eles foram ao Mensageiro de Allah ? e disseram: “Ó Mensageiro de Allah, pode fazer alguma coisa para Sahl, porque por Allah ele não consegue levantar a cabeça”. Ele disse, “Vocês acusam alguma pessoa em relação a ele?”. Eles disseram: “'Amir ibn Rabi'ah olhou para ele”. Então, o Mensageiro de Allah ? chamou 'Amir e repreendeu-o fortemente. Ele disse: “Por que um de vocês mataria o seu próprio irmão? Se vir algo que goste, então ore por bênção para ele”. Depois ele disse-lhe: “Lave-se por ele”. Então ele lavou o rosto, mãos, braços, joelhos e os lados dos seus pés, e dentro do seu izaar (vestuário interior) com um vaso. Em seguida, essa água foi derramada sobre ele [o atingido], e um homem derramou-a sobre a cabeça e novamente a partir de trás. Ele fez isso, e depois Sahl levantou-se e juntou-se às pessoas e não havia nada de errado com ele. [Classificado como sahih por al-Albani em al-Mishkaat, 4562]

A maioria dos estudiosos são da opinião de que as pessoas podem realmente ser atingidas pelo mau olhado, por causa dos ahadith citados acima e outros, e por causa dos relatórios comprobatórios e outras provas.

Em relação ao hadith que você mencionou, “Um terço das pessoas que estão na sepultura estão lá por causa do mau olhado”, não sabemos o quão autêntico este é, mas o autor de Nayl al-Awtaar disse que al-Bazzaar narrou com um isnaad hasan de Jaabir (??? ???? ???) que o Profeta ? disse: “A maioria das pessoas que morrem entre a minha Ummah, morrem por causa da vontade e decreto de Allah ou por causa do mau olhado”.

O muçulmano tem de se proteger contra os demónios entre os jinn e a humanidade [clique aqui para saber mais], tendo uma fé forte em Allah e pondo a sua confiança n'Ele e buscando refúgio com Ele e rogando-Lhe, recitando as orações de protecção narradas do Profeta ?, recitando al-Mi'wadhatayn [as duas últimas suraat do Qur'an], Surat al-Ikhlaas, Surat al-Faatihah, e Aayat al-Kursi.

[Nota: Talismãs, amuletos e coisas do género não são protecção legítima. Veja porquê aqui]

Du'aas para protecção incluem os seguintes:

A'udhu bi Kalimaat-illaah il-taammati min sharri ma khalaqa (Eu procuro refúgio nas palavras perfeitas de Allah contra o mal do que Ele criou).

A’udhu bi kalimaat-illaah il-taammati min ghadabihi wa ‘iqaabihi, wa min sharri ‘ibaadihi wa min hamazaat al-shayaatíni wa an yahdurun (Eu procuro refúgio nas palavras perfeitas de Allah da Sua ira e castigo, do mal dos Seus servos e dos sussurros malignos dos demónios e da sua presença).

E pode-se recitar as palavras de Allah:

“Hasbi Allaahu laa ilaaha illa huwa, ‘alayhi tawakkaltu wa huwa Rabb ul-‘arsh il-‘azim

(Allah é suficiente para mim. Laa ilaaha illa huwa (ninguém tem o direito de ser adorado excepto Ele). N'Ele eu ponho a minha confiança e Ele é o Senhor do Trono Poderoso)” [Al-Tawbah 9:129]

E existem outros du'aas semelhantes que são prescritos na Shari'ah. Isto é o que Ibn al-Qayyim mencionou nas palavras citadas no início desta resposta.

"Se se souber ou suspeitar de que uma pessoa tenha sido atingida pelo mau olhado, então quem deu o mau olhado sobre ela deve ser obrigado a lavar-se pelo seu irmão. Então, um recipiente de água deve ser trazido, e ele deve colocar as suas mãos nele, enxaguar a boca para o vaso. Depois, ele deve lavar o rosto no vaso, em seguida, colocar a sua mão esquerda no recipiente e lavar o joelho direito, em seguida, colocar a mão direita no vaso e lavar o seu joelho esquerdo. Depois, ele deve lavar por dentro da sua roupa interior. Então, a água deve ser despejada sobre a cabeça daquele a quem o mau olhado foi dado, derramando-a a partir de trás de uma só vez. Em seguida, ele será curado, com permissão de Allah." [Fatawa al-Lajnah al-Daa'imah li'l-Buhuth al-'Ilmiyyah wa'l-Ifta, 1/186]

Foi perguntado ao Shaykh Muhammad al-Saalih al-'Uthaymin: Pode o mau olhado atingir uma pessoa? Como é tratado? Estar de guarda contra ele contradiz ter confiança em Allah?

Ele respondeu:

"A nossa opinião sobre o mau olhado é que este é real e é comprovado tanto pelos ensinamentos islâmicos como pelas experiências da vida real. Allah diz:

“Por certo, os descrentes far-te-iam vacilar, com os seus olhares (de rancor)...” [Al-Qalam 68:51]

Ibn ‘Abbaas e outros disseram, comentando sobre este verso: “Isto significa que eles dão o mau olhado com os seus olhares. O Profeta ? disse: “O mau olhado é real e se algo viesse a ultrapassar o decreto divino, seria o mau olhado. Quando lhe for pedido que tome um banho (para fornecer uma cura) para a influência do mau olhado, deve tomar um banho”. [Narrado por Muslim. Al-Nasaa'i e Ibn Maajah narraram que 'Amir ibn Rabi'ah passou por Sahl ibn Haníf quando ele estava a tomar banho ... e ele citou o hadith.]

A realidade confirma isto e não pode ser negada."

Se alguém for atingido pelo mau olhado, este deve usar os tratamentos recomendados na Shari'ah, que são:

1 - Recitação de ruqyah.

O Profeta ? disse: “Não há ruqyah excepto no caso do mau olhado ou febre”. [Al-Tirmidhi, 2057; Abu Dawud, 3884]

Jibreel costumava fazer ruqyah para o Profeta ? e dizer: “Bismillaahi arqíka min kulli shay’in yu’dhíka, min sharri kulli nafsin aw ‘aynin haasid Allaahu yashfik, bismillaahi arqík (Em nome de Allah eu faço ruqyah para vós, de tudo o que lhe está a prejudicar, que Allah o cure do mal de toda a alma ou olho invejoso, em nome de Allah eu faço ruqyah para vós).”

2 - Pedir à pessoa que deu o mau olhado a outra para se lavar, como o Profeta ? ordenou 'Amir ibn Rabi'ah fazer no hadith citado acima. Em seguida, a água deve ser derramada sobre aquele que tenha sido atingido.

Em relação a usar os seus resíduos, como a sua urina e fezes, não há base para isso, o mesmo se aplica a tirar qualquer dos seus pertences. O que é narrado é aquilo que é mencionado acima, lavar os seus membros e lavar a sua roupa interior, e do mesmo modo lavar por baixo do seu turbante e vestuário. E Allah sabe melhor.

Não há nada de errado em tomar precauções contra o mau olhado antes que este aconteça, e isso não contradiz a ideia de Tawakkul (confiar totalmente em Allah). Na verdade, isto é Tawakkul, porque Tawakkul significa ter confiança em Allah e ao mesmo tempo implementar os meios que tenham sido autorizados ou encorajados. O Profeta ? costumava buscar refúgio para a Al-Hasan e al-Husayn e dizer: “U’ídhukuma bi kalimaat Allaah al-taammati min kulli shaytaanin wa haammah wa min kulli ‘aynin laammah (Busco refúgio para vocês os dois nas palavras perfeitas de Allah, contra cada demónio e contra todos os reptéis venenosos, e de todo o mau olhado)” [Al-Tirmidhi, 2060;. Abu Dawood, 4737.

E ele dizia: “Assim Ibraahim costumava buscar refúgio em Allah para Ishaaq e Ismaa'il, a paz esteja com os dois.” [Narrado por al-Bukhari, 3371]

[Fataawa al-Shaykh Ibn ‘Uthaymin, 2/117, 118]

Fonte: IslamQA

Tradução: Cláudia Sofia Simões

You have no rights to post comments