Incrível é o Assunto do Crente

 

 

Na autoridade de Suhaib (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse: O Profeta (sallAllahu ‘alayhi wa sallam) disse:

“Incrível é o assunto do crente, certamente todo o seu assunto é bom e isto não é para ninguém exceto o crente. Se algo de bom/felicidade o alcança ele é agradecido e isso é bom para ele. Se algo de mau o alcança ele é paciente e isso é bom para ele.” [Sahih Muslim #2999]

 

A partir disto percebemos que o estado dos assuntos para o crente varia na vida deste mundo. Shaykhul Islam ibn Qayyim al-Jawziyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse referindo-se ao estado dos assuntos para o crente:

“Um deles é o estado de (receção de uma) benção. Neste estado é obrigatório para ele (o crente) (manifestar) gratidão .

O segundo: é o estado de (ser) testado. Neste estado é obrigatório sobre o ele (o crente) (observar) a paciência.

O terceiro: é o estado de (cometer) um pecado. Neste estado é obrigatório sobre ele (o crente) buscar perdão (do pecado)”

 

O servo não sai da variação entre estes três estados.

 

1. Um deles é uma benção ou uma virtude de Allah de boa saúde, riqueza, um filho, e outros para além disso.

É obrigatório sobre ele que agradeça a Allah por esta benção. Que o servo contemple sobre a afirmação de Allah:

“’Laborai, Ó família de Davi, em agradecimento.’ Enquanto poucos, dentre Meus servos, são os agradecidos.”[Surah Saba (34): 13]

 

Então quantos daqueles a quem Allah favoreceu:

“E, se contais as graças de Allah, não podereis enumerá-las. Por certo, Allah é Perdoador, Misericordiador.” [Surah An-Nahl (16): 18]

 

Quantos deles expressam gratidão a Allah por estes favores? Não mais do que uns poucos!

 

2. Ou há um (estado de ser) testado.

É obrigatório sobre ele (observar) a paciência neste estado. Significando que, Allah na Sua grande sabedoria pode testar o servo crente com diferentes tipos de testes. É obrigatório sobre ele (observar) a paciência porque isso é da crença no decreto divino e na submissão à vontade de Allah. Igualmente (o servo deve saber) que o que lhe alcançou nunca lhe poderia ter escapado. Tudo isso está escrito no livro de Allah (al-Lawhul-Mahfuth). Certamente Allah não lhe testa (o servo) para lhe destruir. Ele apenas lhe testa de forma a testar a sua paciência e servidão. Deveras, existe para Allah sobre o servo servidão em tempos de dificuldade tal como existe para Ele (Allah) sobre o servo servidão em tempos de felicidade. Similarmente há para Ele (Allah) sobre o servo servidão naquilo que ele (o servo) detesta assim como há para Ele (Allah) sobre o servo servidão naquilo que ele (o servo) ama. A maioria da criação presta servidão àquilo que ama. Contudo a questão é prestar servidão naquilo que é a sua dificuldade.

 

3. O outro estado é (um estado de) pecado.

Neste estado é obrigatório sobre ele (o servo) buscar o perdão; isto é claro no que se refere à obrigação de voltar-se para Allah (em arrependimento) mostrando a sua necessidade por Ele.”

 

Ibn Qayyim al-Jawziyah

Fonte: De “Al-Wabil As-Sayyib”

 

 

Fonte: Abdurrahman.Org

Tradução: Mariama bint Carlos


You have no rights to post comments