Analise o seu Tempo – A sua Chave para a Produtividade

 

 

Um velho amigo meu uma vez me disse, “há um mito que se está a propagar estes dias, o mito diz: se conseguires gerir o teu tempo, então consegues fazer qualquer coisa!”. Quatro anos depois de ter ouvido este conselho, eu não penso mais que seja um mito.

 

 

Todos nós ouvimos falar de gestão de tempo e da sua importância, e de vez em quando temos pessoas a gritar-nos que devemos gerir o nosso tempo devidamente, mas raramente ouvimos uma metodologia concisa sobre como fazer isso!

 

De forma a compreender como gerir o tempo, primeiro precisa compreender de que é que se trata a gestão de tempo. Gestão de tempo não se trata de gerir o seu tempo, porque tecnicamente, não pode gerir algo do qual não tem nenhum controlo! (Consegue parar ou iniciar o tempo?!) – Gestão de tempo é simplesmente gerir-se a si próprio de uma forma que faça uso da esfera do tempo em que estamos. Então, como exatamente fazemos isso?

 

Peter Drucker, autor do famoso livro “The Effective Executive” (leitura altamente recomendada), aconselha três passos na gestão do seu tempo, e ele justamente chama ao capítulo correspondente a isto: “Conheça o seu tempo”:

1. Analise o seu tempo;

2. Corte demandas improdutivas;

3. Vise completar tarefas em largas porções de tempo.

 

Portanto, vamos entrar em mais detalhes de como seguir os três passos acima (adicionando a isto o habitual toque islâmico do ProductiveMuslim ;)).

 

Analise o seu tempo

Registre o seu tempo ao longo de um curso de pelo menos uma semana. Eu aqui serei honesto, será preciso um estômago forte para perceber quanto tempo gastamos no curso de uma semana. Mas ser verdadeiro para si mesmo é o primeiro passo para a solução. Existem 2 formas de registrar o seu tempo:

1. Mantenha um diário consigo registrando o que faz a cada hora;

2. Peça seu amigo/colega de apartamento/cônjuge que analise o seu tempo, (visto que tendemos a ser gentis para conosco mesmos quando registramos o nosso próprio tempo, acabando por ‘fazer batota’).

 

Corte demandas improdutivas

Esperançosamente, depois de registrarmos o nosso tempo, uma triste constatação cairá sobre nós, isto é, há muito em que podemos cortar, como exemplo, precisamos mesmo de passar aquela hora de manhã no Café, ou seria melhor fazer algum café em casa e ao mesmo tempo ler e-mail? Precisamos mesmo passar 2 horas todos os dias apenas passando sobre os canais de TV ou sites de internet, ou podemos cortar desse tempo? (Nota: por favor, por favor, não corte do seu tempo para Allah! Algumas pessoas, de forma a ‘poupar’ tempo, por exemplo, não vão à mesquita rezar, esta não é uma demanda improdutiva que deve ser cortada, esta é uma demanda essencial que é melhor mantermos, portanto, por favor, não toque nos assuntos religiosos, já somos culpados por não os dedicar o tempo suficiente, não usemos esta desculpa para fazer pior!

 

Vise completar tarefas em largas porções de tempo

Não é frustrante quando está a trabalhar em algo tão difícil e está realmente focado nisso (por vezes chamado de estar ‘Na Zona’) para ser interrompido por uma chamada telefónica ou uma alerta de e-mail ou mensagem?! Este terceiro ponto basicamente diz que deve tentar bloquear o tempo em largas porções, (algumas pessoas sugerem que 90 minutos é o máximo que conseguem se concentrar de uma vez, mas são 90 minutos de tempo ininterrupto). Esta técnica lhe ajudará a alcançar muito mais fazendo menos, simplesmente porque está mais focado numa tarefa de cada vez. Fazer uma tarefa numa hora, acabará por levar 4 horas se for interrompida a cada 10-15 minutos.

 

Bem, por hoje é tudo. Esperemos que isto lhe dê um melhor entendimento sobre como tornar o mito de gestão de tempo em realidade.

Fonte: Productive Muslim


You have no rights to post comments