Com o que se deve ocupar o tempo durante Ramadan?

 

Todos os louvores são para Allah pelas suas bençãos e generosidade. Ele abençou-nos permitindo-nos alcançar o mês do Ramadan e possibilitando-nos realizar boas ações através das quais podemos aproximarmo-nos Dele. E que a paz e as bençãos estejam sobre o nosso profeta Muhammad – que era o primeiro a se apressar em fazer boas ações – assim como sobre a sua família e Companheiros – aqueles que acreditaram nele, auxiliaram-no e seguiram a luz que lhe foi enviada. Eles são os bem sucedidos.

 

Quanto ao que se segue, então:

 

Eu vos aconselho, a vós e a mim, a temer a Allah durante este abençoado mês, assim como em qualquer outro mês. Contudo, este mês possui um mérito especial pelo qual Allah o distinguiu, visto que é uma ocasião única para efetuar boas ações. O Profeta (salallahu ‘alayhi wa salam) suplicaria a Allah que o permitisse ser capaz de alcançar Ramadan. Portanto, quando chegava o mês de Rajab, ele (salallahu ‘alayhi wa salam) diria: “Ó Allah! Abençoe-nos durante Rajab e Sha’ban e permita-nos chegar ao Ramadan.”

 

O Profeta (salallahu ‘alayhi wa salam) também daria aos seus Companheiros as boas novas de sua chegada, e explicar-lhes-ia as suas numerosas virtudes, dizendo-lhes:

“Ó povo! Um grande e abençoado mês chegou sobre vós.”

 

O Profeta (salallahu ‘alayhi wa salam) encorajava os seus Companheiros a esforçarem-se arduamente em realizar boas ações durante este mês, tanto as obrigatórias como as recomendadas, tais como a oração, demonstração de bondade e gentileza, ser paciente na obediência a Allah, passar o dia em jejum, a noite em oração, e as horas com a recitação do Qur’an e a lembrança de Allah.

 

De tal modo, não desperdice tempo sendo negligente e recusando, como é o caso com os desventurados que se esqueceram de Allah e por isso Ele os fez esquecerem-se de si mesmos. Tais pessoas não extraem benefício da passagem das ocasiões para fazer o bem, nem se apercebem dos seus caráteres sagrados ou conhecem os seus valores.

 

Muitos não conhecem este mês, exceto como um mês para diferentes tipos de comidas e bebidas. De tal forma que vão a grandes medidas para dar as suas almas aquilo que elas desejam. E eles se excedem na compra de tipos extravagantes de alimentos e bebidas.

 

É bem conhecido de que demasiado consumo de comida e bebida faz com que o indivíduo se torne preguiçoso com atos de adoração. O que é necessário para o muçulmano é que ele diminua o consumo de comida e bebida de forma a que fique energético quando se trata de atos de adoração.

 

Algumas pessoas não conhecem o mês do Ramadan, exceto como um mês no qual se dorme durante o dia e fica-se acordado durante toda a noite, fazendo coisas que não têm nenhum benefício ou coisas que causam dano. Assim, essas pessoas ficam acordados durante a maior parte da noite ou a sua totalidade, e depois dormem durante o dia, até mesmo durante as horas das orações obrigatórias. De tal modo que não oram com a congregação ou nas horas prescritas da oração.

 

Um outro grupo de pessoas senta-se à mesa do jantar quando é o momento da quebra do jejum, e de seguida abandona a realização da oração do maghrib em congregação.

 

Estes tipos de pessoas não sabem o valor do mês do Ramadan nem se refreiem de violar a sua santidade, cometendo o tipo proibido de insónia (isto é, ficar acordado toda a noite), abandonando as obrigações e fazendo o proibido.

 

Ao lado destas pessoas, estão aqueles indivíduos que não veem o mês do Ramadan exceto como uma oportunidade para fazer negócios, exibindo os seus produtos e correndo atrás da vida mundana, que é temporária. Portanto eles são ativos na compra e venda, por conseguinte desperdiçando todo o seu tempo nos mercados e abandonando as masaajid [mesquitas]. E se acontece que vão para as masaajid, então vão num estado de pressa e angústia. Eles não se descontraem enquanto estã na masaajid, já que a sua alegria e conforto reside nas áreas dos mercados.

 

E ainda há um outro grupo de pessoas que não conhecem o mês do Ramadan exceto como um tempo para mendigar nas masaajid e nas ruas. Portanto, eles passam maior parte do seu tempo indo para trás e para frente, aqui e ali, e viajando de um país para outro com o intuito de recolher dinheiro através da mendicidade e apresentando-se como sendo carentes quando de fato são ricos, e como estando lesados, enquanto que de fato são saudáveis! Tais pessoas negam a benção de Allah sobre eles e tomam a riqueza das pessoas injustamente. Além disso, gastam o seu precioso tempo em coisas que lhes são prejudiciais. Não há nenhuma virtude especial que pode ser encontrada no Ramadan para estes tipos de pessoas.

 

Ó servos de Allah! O Profeta (salallahu ‘alayhi wa salam) empenhava-se arduamente durante este mês mais do que ele faria em qualquer outro mês. Apesar de que o Profeta (salallahu ‘alayhi wa salam) era forte na adoração em todos os momentos, durante este mês ele se livrava de muitas das funções, que na realidade eram também atos de adoração, deixando essas ações virtuosas por outras melhores. Os Salaf seguiam o seu exemplo neste aspeto, e particularizavam este mês com maiores ambições, mantendo-se assim desocupados nele para que pudessem efetuar boas ações. Eles passavam as suas noites na oração de tahajjud e os seus dias em jejum, lembrança de Allah e recitação do Qur’an, frequentando assim as masaajid para este propósito. Portanto, devíamos comparar as nossas condições às suas condições e ver qual é a dimensão das nossas capacidades neste mês.

 

E devíamos saber, que tal como as boas ações são multiplicadas durante este mes, então, da mesma forma, as maus ações são piores e o seu castigo é maior. Assim, devemos temer a Allah e magnificar a santidade deste mês.

“E quem magnifica os preceitos invioláveis de Allah, isto lhe é melhor junto de seu Senhor.” [Surah Al-Hajj (22): 30]

 

Que Allah nos conceda a todos a capacidade para ter afirmações e ações virtuosas.

E que a paz e as bençãos estejam sobre o nosso profeta Muhammad, assim como toda a sua família e Companheiros.

 

Shaykh Saalih al-Fawzaan

 


You have no rights to post comments