A Virtude dos Primeiros Dez dias de Dhu’l-Hijjah

 

 

 

 

Entre as grandes estações de adoração estão os primeiros dez dias de Dhu'l-Hijjah, que Allah favoreceu acima de outros dias.

 

 

Foi narrado a partir de Ibn 'Abbas (radhiAllahu 'anhum) que o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) disse: "Não existem dias em que boas obras são mais amadas a Allah do que estes dez dias”. Eles disseram: "Nem mesmo jihad pela causa de Allah?" Ele disse: "Nem mesmo jihad pela causa de Allah, a não ser que um homem saia para a jihad, tendo a sua riqueza com ele e volte sem nada.” [Narrado por al-Bukhari, 2/457]

 

Também foi narrado a partir de Anas (radhiAllahu 'anhu) que o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) disse: "Não há nenhum ato melhor perante Allah ou melhor recompensado do que uma boa ação feita nos (primeiros) dez dias de al-Adha”. [Narrado por al-Darimi, 1/357; sua isnad é Hasan como indicado em al-Irwa ', 3/398]

 

Estes textos e outros indicam que estes 10 dias são melhores do que todos os outros dias do ano, sem exceção, mesmo os últimos dez dias do Ramadan. Mas as últimas dez noites do Ramadan são melhores do que as primeiras dez noites de Dhu'l-Hijjah, porque incluem a Laylat al-Qadr, que é melhor do que mil meses. [Veja Tafsir Ibn Kathir, 5/412]

 

Então, o muçulmano deve começar estes dias com arrependimento sincero perante Allah, depois ele deve fazer muitas boas obras em geral, e ele deve tentar fazer as seguintes acções:

 

1 - Jejum

É Sunnah para o muçulmano jejuar nos primeiros nove dias de Dhu'l-Hijjah, porque o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) nos encorajou a fazer boas obras nos primeiros dez dias de Dhu’l-Hijjah, e o jejum é uma das melhores acções, que Allah escolheu para Si Mesmo como diz o hadith qudsi: "Allah diz: 'Todos os atos do filho de Adão são para ele, excepto o jejum, que é para Mim, e recompensarei por isso.” [Narrado por al-Bukhari, 1805]

 

O Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) costumava jejuar nos primeiros nove dias de Dhu'l-Hijjah. Foi narrado a partir de Hunaydah ibn Khalid de sua esposa, que uma das esposas do Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) disse: “O Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) costumava jejuar nos primeiros nove dias de Dhu'l-Hijjah e no dia de 'Ashura', e três dias de cada mês, a primeira segunda-feira do mês e duas quintas-feiras”. [Narrado por al-Nasa'i, 4/205 e por Abu Dawud; classificado como sahih por al-Albani em Sahih Abi Dawud, 2/462.]

 

2 - Recitar bastante tahmid, tahlil e takbir

É Sunnah recitar takbir (dizendo Allahu akbar (Allah é o Maior)), tahmid (dizendo al-hamdu Lillah (Louvado seja Allah)), tahlil (dizendo Laa ilaaha ill-Allah (Não há deus além de Allah)) e tasbih (dizendo Subhan-Allah (Glória a Allah)), durante os primeiros dez dias de Dhu'l-Hijjah, dizendo essas palavras em voz alta nas mesquitas, casas, ruas e todos os lugares em que é permitido lembrar Allah, para realizar esse ato de adoração abertamente e proclamar a grandeza de Allah.

 

Allah diz:

“Para presenciar certos benefícios seus e para mencionar, em dias determinados, o nome de Allah, sobre o animal dos rebanhos que Ele lhes deu por sustento. Então, deles comei e alimentai o desventurado, o pobre.” [al-Hajj 22:28]

 

A maioria é da opinião de que os “dias determinados” são os primeiros dez dias de Dhu'l-Hijjah, porque foi narrado a partir de Ibn 'Abbas (radhiAllahu 'anhum) que os dias determinados são os primeiros dez dias de Dhu'l-Hijjah.

 

Foi narrado de 'Abd-Allah ibn' Umar (radhiAllahu 'anhu) que o Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam) disse: "Não há dias maiores perante Allah, ou nos quais boas obras são mais amadas por Ele, do que estes 10 dias, então recitem uma grande quantidade de tahlil, takbir e tahmid durante eles.” [Narrado por Ahmad, 7/224.; sua isnad foi classificada como sahih por Ahmad Shakir.]

 

O takbir é como se segue:

Allahu akbar, Allahu akbar, laa ilaaha ill-Allah, Allahu akbar, wa Lillah il-hamd (Allah é o Maior, Allah é o Maior, não há nenhum deus além de Allah; Allah é o Maior e para Allah é o louvor). E há outras versões.

 

Este takbir tornou-se uma Sunnah abandonada hoje em dia, principalmente no início destes dez dias. Você mal pode ouvi-lo com exceção de alguns. Deve ser recitado em voz alta, de modo a reviver a Sunnah e lembrar os desatentos. Ibn 'Umar e Abu Huraira (radhiAllahu 'anhum) costumavam sair para o mercado durante os primeiros dez dias de Dhu'l-Hijjah, recitando o takbir em voz alta, e as pessoas recitavam takbir quando os ouviam, ou seja, as pessoas lembrar-se-iam do takbir e cada uma recitaria por si mesma; isso não significa que eles recitavam em uníssono - o que não está prescrito na Shari'ah.

 

Reviver Sunnahs que foram esquecidas traz uma grande quantidade de recompensa, como é indicado pelas palavras do Profeta (sallAllahu 'alayhi wa sallam): "Quem reviver uma das minhas Sunnahs que morreram depois de eu partir, terá uma recompensa como a de todas as pessoas que a praticarem, sem que diminua a sua recompensa de todo.” [Narrado por al-Tirmidhi, 7/443.; esse hadith é Hasan por causa de relatórios comprobatórios.]

 

3 - Fazer Hajj e 'Umrah

Uma das melhores obras que podem ser feitas durante estes dez dias é Hajj à Casa sagrada de Allah. Quem Allah ajuda a fazer Hajj para a Sua Casa e a fazer os rituais da forma exigida será - inshaAllah - incluído nas palavras do Mensageiro de Allah (sallAllahu 'alayhi wa sallam): “Um Hajj aceite traz nada menos como recompensa do que o Paraíso.”

 

4 - Udhiyah (sacrifício)

Uma das boas obras que aproximam uma pessoa a Allah nesses 10 dias é oferecer o sacrifício e procurar um animal bom e gordo e despender dinheiro nele pela causa de Allah.

 

Apressemos para fazer bom proveito desses grandes dias!

 

 

Fonte: IslamQA

Tradução e adaptação: Cláudia Sofia Simões


You have no rights to post comments