10 Dicas para os Irmãos Revertidos que Procuram Casamento

2017-10-28-PHOTO-00000212.jpg

Quando se trata de casamento, os revertidos enfrentam muitos estigmas sociais que o tornam um sonho muito assustador. Fazer do sonho uma realidade envolve a superação das fraquezas e a melhoria pessoal, ao mesmo tempo em que supera as normas culturais.

Pode ser um exercício de equilíbrio, e sem orientação e direção, pode parecer quase impossível para os irmãos revertidos.

A maioria dos revertidos enfrenta muita pressão para se casar. Primeiro, eles têm problemas com a aceitação da comunidade como forasteiros, nenhuma família muçulmana para apoiá-los, e, geralmente, enfrentam racismo e discriminação por uma série de razões diferentes.

Alguns, muitas vezes, sentem-se deprimidos e solitários, à medida que a desesperança entra em seus corações e, às vezes, são levados a acreditar que não há chance de se casar com uma Muçulmana. Isso ocasionalmente leva alguns irmãos revertidos a procurarem não-muçulmanas para o casamento ou deixar o Islam completamente, por desespero.

As dez dicas a seguir são para facilitar para nossos irmãos ganharem esperança, e criar metas e alcançá-las, in shaa Allah. Fazer o melhor e seguir estas dicas aumentará suas chances de encontrar sua futura noiva ideal.

 

1. Aperfeiçoar o seu Deen - Você deve ser forte

{...E as benignas mulheres para os benignos homens, e os benignos homens para as benignas mulheres...} (An-Nur 24:26)

Os irmãos revertidos enfrentam um enorme estigma quando se trata de seu conhecimento do deen.

É uma preocupação legítima para os pais de uma muçulmana garantir que sua filha se case com um homem muito religioso, honesto e respeitável. É o maior obstáculo para um irmão revertido porque, se é fraco em sua fé, ele pode recorrer ao seu estilo de vida não muçulmano, ou pior ainda, deixar o Islam inteiramente. Se um homem deixa o Islam, sua esposa teria que se divorciar, e ninguém quer temer a possibilidade de se divorciar devido a esse motivo.

Aprenda seu deen extensivamente e se torne um Muçulmano religioso forte antes de buscar o casamento. Você deve mostrar que é forte na fé e aderir a todos os ensinamentos islâmicos para ganhar a confiança de uma mulher e sua família.

 

2. Esforce-se para alcançar uma boa educação e carreira para sustentar uma família

Uma grande diferença entre a maioria das sociedades ocidentais e as muçulmanas é que a educação universitária é frequentemente gratuita, o que, consequentemente, torna muito comum que a maioria dos homens tenham diploma.

Nas sociedades ocidentais, é preciso gastar uma fortuna, geralmente, para obter um diploma universitário. Como resultado, a mulher ou sua família buscarão um homem com educação universitária, e caso não tenha, talvez procurem outra pessoa. Eles querem garantir que o homem possa proporcionar uma boa vida para sustentar uma família. Então, faça o seu melhor para obter algum tipo de educação superior de modo a ter uma carreira que possa manter uma vida familiar sem dificuldades.

 

3. Saiba mais sobre as responsabilidades do cônjuge - Tenha vontade aceitar

O islamismo fixa ambos, homem e mulher, à muitas funções e responsabilidades num casamento islâmico. Ambos têm direito sobre o outro. As culturas Ocidentais não se encaixam nesse molde, então você deve aprender sobre e aceitar o que é esperado de você como marido.

O movimento feminista no Ocidente inverteu muitos papéis em sua sociedade. Isso não quer dizer que as sociedades islâmicas não deem direitos às mulheres, mas as obrigações são estabelecidas para que os homens sejam os únicos sustentadores da família.

Um marido não deve esperar ou planejar que sua esposa também precise trabalhar para sustentar a família antes de se casar. A esposa pode optar por fazer isso caso queira, mas não deve ser esperado. Este é um assunto importante para discutir antes de se casar.

Algumas mulheres podem sentir que não querem que seja esperado ou exigido delas que trabalhem, e preferem ser “donas de casa” e mães, e caso você se case e descubra isso posteriormente, pode ser prejudicial ao casamento. Sabe-se bem que a maioria dos casamentos desmoronam por causa de dificuldades financeiras, em ambas as sociedades, mulçumanas ou não.

Se você não está em condições de fazer isso, é recomendável que espere até que esteja estável o suficiente para fazê-lo. Isso fará com que o início do casamento seja mais tranquilo.

 

4. Comece a economizar antes de procurar casamento

A maioria das sociedades muçulmanas possui um sistema de apoio familiar muito forte que é diferente das normas ocidentais. Isso não significa que as sociedades Ocidentais não tenham laços familiares fortes, mas há diferenças.

A maior diferença é que, na maioria das sociedades muçulmanas, os filhos continuam vivendo em casa até se casarem, mesmo que tenham 40 anos de idade. As famílias apoiam-nos até casarem. Isso permite que o filho trabalhe e economize dinheiro para comprar uma casa, um carro e preparar-se para um dote (mahr) e uma festa de casamento quando se casar. Isso lhe dá tempo para se preparar para o seu futuro e a capacidade de economizar muito dinheiro.

Nas sociedades Ocidentais, é muito comum que os filhos se mudem da casa da sua família entre os 18-21 anos de idade e devem se sustentar 100%. Isso torna mais difícil para um ocidental economizar dinheiro para melhorar seu futuro. Então, é melhor obter a sua formação e encontrar um emprego estável e poupar algum dinheiro antes de se casar para melhorar suas chances de encontrar uma esposa e obter aceitação de sua família.

 

5. Evite aqueles que buscam divisão de nacionalidades e culturas

Infelizmente, o racismo e o nacionalismo ainda estão profundamente inseridos nas mentalidades das pessoas em todo o mundo. Talvez você encontre famílias que insistem que suas filhas se casem com um primo ou um vizinho com quem cresceu. Muitas famílias mantêm seu nacionalismo com punho de ferro e se recusam a permitir que suas filhas se casem com um estranho. Há também muitos que favorecem uma pessoa de pele mais clara às de pele escura devido a estereótipos culturais. (49:13)

Você não pode alterar a cor da sua pele ou a sua nacionalidade, então não há muito o que fazer sobre isso, além de educar o ignorante para livrá-los desta doença social.

Se você acha que uma mulher ou sua família mantêm essa inimizade dentro de si mesmos sobre a cor da pele ou nacionalismo, é melhor evitá-los e dizer "Alhamdulillah" que o tenha descoberto antes de se casar. Você realmente quer sogros assim?

 

6. Impeça que os pecados passados afetem o teu futuro

Todos pecam e antes de aceitar o Islam provavelmente você teve muitos pecados dos quais não quer ser lembrado ou que sejam usados contra você. Todos os seus pecados anteriores à aceitação do Islam foram apagados, e você recebeu um novo começo, porque Allah o perdoou deles.

Se uma mulher ou sua família pergunta sobre seu estilo de vida anterior, você não precisa dar detalhes, e é melhor simplesmente evitá-la de uma maneira agradável. Basta lembrá-los de que Allah o perdoou por seus pecados quando aceitou o Islam e que ele o transformou em uma pessoa melhor.

Quanto menos informações você der, menos eles têm o que usar contra você. Não lhes dê coisas do seu passado para que o julguem, porque eles podem pensar que é apenas uma questão de tempo até que você faça essas coisas novamente. Poupe-se a dor de cabeça. Antes de falar, pense em como isso pode voltar para te assombrar no futuro.

Caso tenha tido encontros sexuais no passado recomenda-se que faça o teste para doenças sexualmente transmissíveis antes de procurar por uma esposa. Em caso de lhe perguntarem se você é virgem, e você não for, pode ser honesto e diga simplesmente que não, mas não vá além disso.

Você não é obrigado a dar detalhes. Basta lembrá-los, como dito anteriormente, de que seus pecados anteriores foram apagados e deixe desta maneira, porque se você contar à sua esposa, ou à sua família, algo sobre esses encontros, isso pode colocar uma mancha a seu respeito em seus corações e colocar em suas cabeças pensamentos negativos quanto a você e, com o tempo, isso pode aumentar. Reitere-os de que você não leva mais tal estilo de vida e que se esforça para ser um bom Muçulmano.

 

7. Implementar um comportamento islâmico adequado em todos os momentos

Para ganhar o respeito entre os muçulmanos, e uma futura esposa e sua família, você deve mostrar que está ciente e implementa comportamento e maneiras islâmicas. Sua reputação pode "te fazer ou te destruir". Se você ainda está agarrado a um estilo de vida, maneiras e comportamentos não-islâmicos, isso pode prejudicar sua reputação a tal ponto que você não terá ninguém para recomendá-lo ou aceitá-lo.

Não se envolva em relações haram com uma mulher antes de se casar com ela, porque ela perceberá que você não seguiu o Islam com ela no início e pode colocar medo em seu coração de que você não siga o Islam de outras maneiras no futuro. Isso futuramente só causará problemas de mágoa e confiança.

Você não pode começar a procurar o halal fazendo haram. Allah não colocará bênçãos em tais relacionamentos. Obtenha a satisfação de Allah ao buscar o casamento nos meios halal para garantir tantas bênçãos quanto possível.

Não espere encontrar uma mulher como a esposa do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) se você mesmo não está se espelhando nele. Seja o muçulmano ideal para encontrar uma esposa muçulmana ideal.

 

8. Saiba sobre várias culturas e costumes

O casamento inter-cultural sempre terá confrontos baseados em suas diferenças. Novos muçulmanos geralmente sentem que devem aceitar e se integrar à cultura de seu cônjuge. Lembre-se de que ambos, esposo e esposa, esperam que o outro se adapte à sua cultura.

O importante é evitar aprender e implementar qualquer coisa que não seja islâmica. Se você aceita aprender e se adaptar à cultura do outro, exceto as questões não-islâmicas, isso facilitará as coisas.

 

9. Lembre-se de fazer Dua´

A dua´ (súplica) é a arma do crente, e devemos usar esse presente que é uma misericórdia para nós. Allah aceita as adʿiyah (plural de du’a) de um crente sincero.

 

10. Coloque sua confiança em Allah e reze Istikhara

Istikhara (oração de orientação) é outra oração especial e ferramenta que sempre devemos usar quando buscamos orientação de Allah em todos os assuntos importantes da vida.

Talvez você sinta que uma mulher é adequada para se casar, mas se você orar a istikhara, pode receber sinais ou indicadores de coisas que poderiam destruir o casamento.

Zainab até adiou sua proposta de casamento oferecida pelo Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) para que pudesse buscar o conselho de Allah através da Istikhara antes de tomar uma decisão. Allah é O Conhecedor de todas as coisas, e se pedirmos a Ele que nos mostre a que estamos cegos, isso pode nos salvar de uma vida de miséria. Confie em Allah em todos os assuntos para ser guiado para o bem. (2:186)

 

Conclusão

Embora a solução ideal seja estalar os dedos e tirar todos do seu mundo de fantasia, sabemos que não podemos mudar os outros, podemos somente melhorar e mudar a nós mesmos. Confie em Allah e trabalhe em si mesmo, e Allah recompensá-lo-á pelos seus esforços com a noiva muçulmana ideal.

Regra geral: Allah não muda a situação de um povo até que eles mudem a si mesmos.

 

Fonte: AboutIslam.net


You have no rights to post comments