A Instituição da Família

 

 

O Islam encoraja a constituição da instituição familiar através da sua legislação e explicando de que no casamento existe serenidade tanto para os homens como para as mulheres, tranquilidade, conforto para os seus corpos, facilidade para as suas almas, e uma extensão de vida até que alcance o seu fim.

Vamos agora prestar atenção a alguns versículos do Qur’an que carregam esse significado. Allah, o Exaltado, incentivando os Seus servos a casar, diz:

“...esposai as que vos aprazam das mulheres: sejam duas, três ou quatro.” [Surah an-Nisa (4): 3]

Ele afirma:

“E, dentre Seus sinais, está que Ele criou, para vós, mulheres, de vós mesmos, para vos tranquilizardes junto delas, e fez, entre vós, afeição e misericórdia.” [Surah an-Rum (30): 21]

Ele volta a afirmar, na forma de encorajamento:

“Elas são para vós vestimentas, e vós sois para elas vestimentas.” [Surah al-Baqara (2): 187]

E ainda:

“Vossas mulheres são, para vós, campo lavrado. Então, achegai-vos a vosso campo lavrado, como e quando quiserdes. E antecipai boas obras, para vós mesmos. E temei a Allah,...” [Surah al-Baqara (2): 223]

É assim que o Qur’an salienta a instituição de uma família, em vários ayat, com uma variedade de técnicas como acabamos de ver, e como veremos novamente na Surat an-Nisa, que evidencia que os dois componentes desta instituição foram criados a partir de uma pessoa. É como se fossem duas partes de uma alma, assim nenhuma das duas partes é mais virtuosa ou melhor que a outra na base da sua criação ou relativo à sua consituição. Virtude sobre a outra ocorre através de assuntos externos e outras questões que não são corporais, ocorre através de características adquiridas.

 

Allah, o Elevado, afirma neste significado:

“Ó homens! Temei a vosso Senhor, Que vos criou de uma só pessoa e desta criou sua mulher, e de ambos espalhou pela terra numerosos homens e mulheres.” [Surah an-Nisa (4): 1]

E é desta forma que o Islam incentiva a ereção de uma família, para que possa ser uma extensão à vida e conforto para ambas as partes.

 

Al-Imam Muhammad Amaan al-Jaamee

Majmoo’ Rasaa-il al Jaamee: Pg. 337

 

 

Fonte: Subulassalaam.Com [Traduzido do Árabe para Inglês por Abu Abdul-Waahid, Nadir Ahmad]

Tradução: Mariama bint Carlos

 

 


You have no rights to post comments